Curtindo o fim do inverno

Thaisa tentando decidir: onde vamos?

A gente reclama, reclama, mas a gente até gosta do inverno. É tudo uma questão de perspectiva e, quando pensamos no verão insuportável, o inverno sempre parece bem mais agradável. Esse fim de semana tivemos o primeiro sinal do fim do inverno: sábado tivemos agradáveis temperaturas de 0 a 5 graus e domingo chegamos a incríveis 15 graus. Aproveitamos o sábado (porquê 15 graus é um calor dos infernos, ficamos em casa com os ventiladores ligados) para um passeio de fim de inverno.

Foi algo bem simples: começamos com um lanche no Shake Shack (o melhor milk-shake com hambúrguer da cidade), pra já ir entrando no clima do calor. O problema aí é que ainda não estava tão quente e ficamos congelando depois do lanche. Próxima parada: Starbucks tomar um café e se aquecer. Perambulamos um pouco pela cidade, compramos algumas guloseimas e fomos assistir “Che” no IFC, um cinemazinho de arte muito massa que fica em Greenwich Village, um dos bairros (senão O bairro) mais charmosos da cidade.

Pôster de Che no IFC

Pôster de Che no IFC

Che é um belíssimo filme, pelo menos a parte que vimos. O filme é bem longo, cerca de 4 horas e meia de duração, então o cinema o divide em duas partes, com ingressos separados para cada parte. Como a divisão da história é bem clara (a primeira parte a revolução em Cuba, a segunda a guerrilha na Bolívia) acabamos assistindo só a primeira parte. Essa semana voltamos para assistir a segunda. Goste ou não de Che e da quase mitologia que se formou em torno de sua figura, é um filme que merece ser assistido.

Terminamos o passeio andando pelo Village e indo até o Washington Square Park, lugar de um dos monumentos mais famosos da cidade, um grande arco em homenagem a George Washington. Talvez vocês tenham visto a praça em filmes como “O som do coração” (August Rush) ou “Eu sou a lenda” (I am Legend).

Arco do Washington Square Park

Arco do Washington Square Park

Anúncios
Publicado em Uncategorized por Daniel. Marque Link Permanente.

Sobre Daniel

Me formei em computação pela UFRN, fiz pós-graduação na PUC do Rio de Janeiro, moro em Nova York com minha esposa, sou engenheiro de software no Google. A queda de braço entre viver o que sempre sonhei e estar longe da família e dos amigos é constante.

2 respostas em “Curtindo o fim do inverno

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s