Eu podia estar matando…

… eu podia estar roubando, me prostituindo… mas não… eu estou aqui, pedindo uma ajuda… 🙂

Eu não quero dirigir. Ponto final. Não adianta vir com blábláblá, como Daniel, que acabou de passar 45 minutos tentando me convencer a dirigir. Eu não quero. E sim, eu sou uma mulher moderna, bem adaptada ao século XXI. Tem mulher que sabe dirigir e não usa internet. Outras, não usam celular… bom, eu escolhi usar bem o computador, ser expert no meu celular… e não dirigir. Qualéopó?

Não acho que não dirigir me faz menos mulher ou menos moderna, ou mais dependente. Táxis estão aí pra isso mesmo, ou não é? Eu ando a pé, de ônibus, de táxi… sem problemas. Ter um carro não significa independência, ué. Se eu dependo financeiramente do meu marido – e não me envergonho – por que depender dele para andar de carro me faria uma pessoa menor?

Carros são caros, poluem, dão problemas, precisam de manutenção e atenção. A maioria das mulheres que conheço têm carro apenas para dirigir. Não sabem nada de revisão e talecousa. Quem faz essa parte são os maridos/namorados. Dependência, não é? Aí elas são consideradas independentes (mais independentes que eu) porque podem pegar seus carros e irem pro salão ou pro trabalho? Bom, eu posso… faço isso de metrô, muito obrigada.

Eu não dirijo e não tenho vontade de dirigir. Vou aprender? Talvez. Se o fizer, saibam que será contra a minha vontade. Eu não dirijo e estou vivendo… tem gente que dirige e está morrendo… 🙂 E não me venham com xurumelas!

Anúncios

5 respostas em “Eu podia estar matando…

  1. Adoro seu jeito revoltado de escrever! Mas só para seu conhecimento, eu sei bastante coisa de revisão e mecânica! Sei até trocar pneus!

  2. KKKKK!!!
    Bom, entendo completamente seu raciocínio… se não tem necessidade, pra que então? Apoio! Acho digno!

    Mas provavelmente eu sei mais de mecânica do que de guiar o carro propriamente, devo saber mais que o marido até…

    E no fim das contas, não ficar aqueles 10 minutinho irritantes esperando ele chegar pra me buscar é uma maravilha pra mim… me poupa tanto stress….

  3. Eita que revolta!!!!
    Precisa disso tudo por uma simples direção de um carro? Mas te conhecendo…kkkk
    Mas, tudo bem concordo com vc. E acho que a pessoa só deve fazer o que gosta, se essa não é a sua praia realmente não lhe diminue em nada. Só não entendo o radicalismo.Sempre podemos mudar de idéias, opiniões… quem sabe mais pra frente.Aprender agora irritada, pressionada, acho que é pior.
    De mecânica não entendo nada ainda ponho combustível pq nem calibrar os pneus….kkkk
    Agora não depender de marido, filho, pra me levar onde quero acho muito bom.
    Se acalme e dê tempo ao tempo.
    beijinnnnnnns

  4. Olá Thaisa, adoreu o blog da vocês, e olhe que não sou muito antenado em tecnologia. Tava procurando dicas para a viagem que farei a nova York com minha esposa e os 03 filhos(10, 08 e 01 anos), e encontrei vocês, tirei o feriadão para navegar nas suas dicas e anotar tudo.
    Minha esposa também não dirigia quando nos conhecemos, mas fiz questão que ela aprendesse e hoje com esse tamanho de família ela é quase a motorista oficial da casa. Abraçào.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s