De volta

Ficamos longe um tempinho, mas, estamos de volta. Antes de recomeçar, vou explicar aos desavisados o porquê do chá de sumiço.

Em agosto, fomos ao Brasil, mais precisamente, ao Rio. Daniel foi defender a tese (yaaaaaaay!) dia 11, mas nós tínhamos que nos mudar dia 22, então a viagem foi curtinha – uma semana. Fomos correndo e voltamos correndo. Daniel, claro, não tirou férias, então eu fiquei tomando conta da mudança. Depois, nos mudamos, e começou a correria e a preguiça de descarregar as fotos e o tempo foi passando e passando e pronto. Mais de um mês sem posts. Mas agora voltamos… Vou começar falando sobre a viagem ao Rio, e vou tentando atualizar a coisa.

Como disse, fomos ao Rio no começo de agosto, para a defesa de mestrado de Daniel. No último post colocamos a foto mas não explicamos. Pegamos um vôo NY, Washington, SP, Rio (ou algo assim). Quando chegamos a Washington, para embarcar pro Brasil, nossas passagens não tinham os assentos que havíamos escolhido: lado a lado, na saída de emergência. Estávamos em cadeiras diferente – longe uma da outra! Daniel foi falar com uma atendente, que disse que “isso não tem nada a ver”. Resumindo, a mulher disse que qnd vc compra uma passagem, vc compra a passagem e não o assento, então eles não são obrigados a dar aquele assento a vc. Blablabla, o senhor pede pra trocar e tal e tal. Ok. Esperamos a fila de embarque diminuir e, quase na hora de entrar, Daniel resolve falar com outra atendente. Explica a situação e a mocinha diz um “Ok, vou dar um assento bom pra vc”. Yay!!!! Conseguimos ficar juntos!!!!

Daí, embarcamos. Nossas poltronas eram #9 e, qnd dobramos a direita, já era #10. Oops. Ok, vamos para o lado esquerdo… e aí que começamos a segurar o riso. A caridosa atendente trocou nossos assentos “econômicos” pela classe executiva. Que chato, né? Sentamos meio confusos… olhando pros lados… segurando o riso pra não dar na cara… Rapidamente, abri todas as coisas que eu tinha direito (lençol fofinho e quentinho, travesseiro grandinho, headphone confortavel), tirei os sapatos, pus meinha e me deitei… 🙂 Aceitamos vinho (de graça, bitches) (pra quem não sabe, voos dos EUA não dão mais bebida alcoólica. Vc tem que pagar por ela…) e os aperitivos para o vinho… escolhemos nosso jantar (com direito a entrada, pranto principal e sobremesa, além de vinhos…) e o avião decolou e não fomos expulsos.

Chegando a SP, depois de um maravilhoso vôo, bem dormido e descansado, começa a novela. Éramos mandados de um lado a outro do aeroporto, embarque no portão 10, portão 1, portão 18, e por aí vai, até que chegamos ao portão final. 30 minutos de atraso, 1h, 1h30, 2h, até que cancelam nosso vôo. Tivemos que pagar um ônibus e ir até Congonhas (estávamos em Guarulhos, ou vice-versa), perdemos o vôo que pegaríamos pro Rio, esperamos pelo outro e conseguimos. Chegaríamos ao Rio antes do meio dia do sábado e, depois de tudo isso, chegamos às 19h… todos estavam preocupados, “aaaah, vcs devem estar cansaaaaados”. Nào não, estamos bem. 🙂 Depois de voar de 1a classe, não tem como ficar de mau-humor…

Bom, fiz o passeio básico no Rio, revimos uma parte da família e dos amigos, Daniel defendeu, foi aprovado (yaaaaaaay) e pronto, voltamos. Próximo post falo da mudança…

Anúncios

3 respostas em “De volta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s